Associação de Moradores de Bairros São Pedro de Fama-MG
Header

Ressarcimento de danos – Cemig

Abril 15th, 2014 | Posted by ambsp in Notícias - (1 Comments)

Anualmente, a Cemig recebe aproximadamente 25 mil solicitações de ressarcimentos, dos quais 60% são deferidas. Os ressarcimentos realizados por danos em aparelhos elétricos respeitam a Resolução Normativa 414/2010 da Aneel.

Para fazer um pedido de ressarcimento, o cliente deve acionar a Cemig por telefone (Fale com a Cemig – número 116), por meio da página na internet ou presencialmente em uma das agências de atendimento, em um prazo de até 90 dias após o dano.

Nesse contato, o consumidor deve informar:

• qual equipamento foi danificado;
• marca e modelo do produto;
• a data e a hora do ocorrido.

Todas essas informações são muito importantes para o cadastramento adequado do pedido.

Segundo estabelece a Aneel, a Cemig tem até 15 dias para analisar se o dano do aparelho foi provocado em decorrência de um problema na rede da Companhia e enviar carta resposta ao cliente. Em caso positivo, o cliente deverá fazer o orçamento de conserto do equipamento em uma oficina e encaminhá-lo para a Cemig. Após a análise do orçamento e sendo este deferido, a Cemig tem 20 dias corridos para realizar o ressarcimento para o cliente, por meio de depósito em conta ou o conserto do aparelho.

Outra situação é caso o aparelho seja de uso essencial, como refrigerador, freezer, cerca elétrica, portão eletrônico ou aqueles destinados à preservação da vida. Nessas ocasiões, o cliente pode providenciar o conserto, antes de a Cemig dar uma resposta. E para ter o direito do ressarcimento, é preciso guardar e apresentar à Empresa todas as notas fiscais do conserto. É com base nessas notas fiscais que o consumidor será restituído. Sem essas notas, ele pode perder o direito de ser ressarcido.

Ainda segundo estabelecem as normas da Aneel, a Cemig deve ressarcir apenas danos causados por problemas elétricos decorrentes da rede própria da Empresa.

Fonte da informação: Site Cemig

Cuidados nos casos de tempestades

Abril 11th, 2014 | Posted by ambsp in Notícias - (0 Comments)

Descargas atmosféricas

Os raios atingem diretamente a rede elétrica ou suas proximidades, preferencialmente em lugares descampados e altos, causando aumento de tensão. Essa sobretensão se propaga na rede até que haja um ponto com passagem para a terra.

Para a proteção das edificações, é necessária a utilização de para-raios de acordo com a norma ABNT NBR 5419. Um deles é o para-raios tipo haste (conhecido como para-raios Franklin) instalado no alto de edificações. Esse equipamento oferece proteção para a edificação (ou parte dela) contida sob o cone de proteção, cujo vértice encontra-se no topo da haste captora.

O ângulo de proteção varia de acordo com o nível de proteção requerido, tipo de ocupação, valor do conteúdo, localização e altura da edificação. A norma ABNT NBR 5419 fornece os detalhes da especificação.

O método Franklin não se aplica a todos os tipos de edificações. Nesses casos devem ser utilizados outros métodos (eletrogeométrico, malha ou gaiola de Faraday), de acordo com a norma ABNT NBR 5419. No caso de edificações acima de 60 metros, aplica-se somente o método da gaiola de Faraday. Em quaisquer dos métodos utilizados, é necessário haver um aterramento adequado. Para-raios radioativos não proporcionam proteção adequada e sua utilização é proibida no Brasil.
Para antenas instaladas sobre as edificações, o suporte ou ponto de fixação da antena deve ser aterrado adequadamente. Quando a antena não estiver localizada sobre a edificação, são necessários cuidados especiais, tais como aterramentos adicionais e instalação de blindagem.
O bom funcionamento do para-raios e a adequada proteção contra sobretensão estão associados a um sistema de aterramento eficaz. O tipo de aterramento e o número de eletrodos de terra (hastes de aterramento) a serem utilizados para assegurar a eficácia do aterramento dependem das características do solo.
Proteção de redes de baixa tensão
Existem vários equipamentos para proteção de redes de baixa tensão. Os mais comuns são os para-raios de baixa tensão (varistores), supressores de surtos, que podem ser encontrados no comércio especializado.

Para o  funcionamento correto desses equipamentos, é necessário que eles sejam especificados adequadamente, que a rede elétrica seja bem aterrada e que o condutor neutro seja contínuo, bem dimensionado e com emendas bem feitas. O bom aterramento (hastes, malha de terra, condutores de descida) é de responsabilidade do proprietário do imóvel.

Para equipamentos sensíveis como a televisão, existem outros tipos de proteção que são instalados nas tomadas. Esses dispositivos são conhecidos como protetores contra surtos de tensão. Computadores, aparelhos de fax, secretárias eletrônicas ou mesmo televisores requerem proteção especial.

Para a atuação eficiente de qualquer dispositivo de proteção desses equipamentos, é necessário que o sistema de aterramento da instalação também seja eficiente. No caso de um aterramento mal feito, os dispositivos podem não funcionar perfeitamente.

leia mais

Cuidado com as cercas

As cercas conduzem o raio. Elas podem ser isoladas das edificações e aterradas nesses pontos. Em locais de circulação de pessoas e animais, as cercas devem ser seccionadas e aterradas em intervalos regulares. Essas recomendações aplicam-se também a varais longos ou que estejam em contato com edificações. O aterramento sempre deverá ser feito utilizando-se hastes próprias.

- Cerca Paralela à Rede de Distruibuição Rural: no caso do paralelismo situado até 30 metros da rede, a cerca deverá ser aterrada e seccionada a cada 250 metros.

- Cerca Transversal à Rede de Distribuição Rural: o aterramento e o seccionamento deverão estar próximos ao limite da faixa de segurança.

 

Cuidados nos casos de tempestade
O que você deve fazer dentro de casa
  • Não tome banho ou utilize a torneira elétrica durante as tempestades.
  • Evite contato com qualquer objeto que possua estrutura metálica, como fogões, geladeiras, torneiras, canos, entre outros.
  • Evite ligar aparelhos e motores elétricos, para não queimar os equipamentos.
  • Afaste-se das tomadas e evite usar o telefone.
  • Desconecte as tomadas de aparelhos eletrônicos.
  • Permaneça dentro de casa até a tempestade terminar.
  • Desligue os fios de antenas dos aparelhos.

O que você deve fazer fora de casa

  • Evite contato com cercas de arame, grades, tubos metálicos, linhas telefônicas e de energia elétrica ou com qualquer objeto metálico.
  • Afaste-se de tratores e outras máquinas agrícolas, motocicletas, bicicletas, carroças, campos abertos, pastos, campos de futebol, piscina, lagos, lagoas, praias, árvores isoladas, postes, mastros e locais elevados.
  • Permaneça dentro de seu veículo, caso ele tenha teto de estrutura metálica.

Fonte: Cemig

Na reunião desta segunda-feira 07/04/2014 deu entrada no plenário da Câmara Municipal de Fama projeto de lei de concessão a esta associação do título de utilidade pública, baseado na Lei Municipal nº 1359 de 22/03/2010. Após ser apreciado pela Comissão de Justiça deverá ser encaminhado para votação pelos vereadores.

O exercício da cidadania

Março 31st, 2014 | Posted by ambsp in Notícias - (0 Comments)

Esta Associação promoverá palestra educacionais para grupos de moradores do bairro com propósitos de engajamento de todos os cidadãos nas questões públicas e sociais. A inclusão social se dá pelo exercício da cidadania na formulação e execução de políticas públicas voltadas para o bem estar da sociedade. Serão elencados e discutidos temas do cotidiano das famílias mostrando os caminhos a serem trilhados para o exercício ativo da cidadania.

Dia         05/04/2014

Horas: 15h00

Local: Rua Aldinorah Fernandes Pinto, 256

Compareçam!!!

Vamos transformar nosso bairro preservando os encantos naturais.

Copasa promete limpeza de caixa de esgoto

Dezembro 17th, 2013 | Posted by ambsp in Notícias - (0 Comments)

A AMBSP em carta à Ouvidoria da Copasa reclamou da falta de limpeza da caixa de esgoto que vem poluindo o lago. Eis o teor:

Ofício AMBSP0011.13

Fama, 26 de novembro de 2013.

À

Ouvidoria COPASA MG

Assunto: DEGRADAÇÃO AMBIENTAL

Prezado Senhor

Esta associação apoiada em reclamos de seus representados, amparados nos fundamentos defendidos por esta empresa, alicerçados nos princípio da melhor qualidade de vida da população atendida e imbuídos de propósitos de alerta evidenciamos a existência de irregularidades que prejudicam o meio ambiente devido inação dessa concessionária. Situamos o processo degradante no município de Fama, sul de Minas Gerais às margens do reservatório de Furnas em uma de milhares de Área de Preservação Permanente que dão vida e formação ao grande lago. Nosso bairro faz parte deste ambiente e o sistema de esgotamento sanitário, onde veiculam efluentes gerados nas residências, em hábitos higiênicos e atividades fisiológicas, são despejados em uma caixa situada à margem de uma APP próximo à Rua Benedito Garcia Oliveira. Esta Empresa ensina que estas caixas são esvaziadas por carros pipas ou por processos elevatórios até estações de tratamento, contudo no caso em alerta são desprezados esses processos e a caixa receptora transborda por um cano colocado para esse fim escoando o esgoto numa APP, fotos em anexo.

Em sua atuação ambiental esta empresa declara “A educação para o consumo sustentável, as soluções integradas de proteção dos mananciais e as ações de recuperação ambiental integradas ao tratamento de esgotos são exemplos efetivos de atividades que têm permitido recuperar mananciais em todo o estado de Minas Gerais.”, confiantes nessa afirmativa solicitamos uma solução para o problema apresentado assim como a recuperação plena do espaço atingido por essa degradação ambiental provocada por despejo clandestino de esgoto de seu sistema de coleta em área de preservação ambiental.

No aguardo de seu parecer e providências, agradecemos.

Maria de Lourdes Casarejos Lopes
Presidente

Anexamos a resposta da Copasa para que os associados possam analisar.

copasacaixaesgoto

O projeto de lei apresentado pelo vereador Jackson Alves de Lima, com apoio da AMBSP, regulamentando atividades náuticas no Lago de Lazer, foi  aprovado por 8 votos a 1 pela Câmara Municipal e sancionado pelo prefeito municipal de Fama na data de 19/11/2013. A lei municipal n. 1433 está amparada na legislação federal e estadual. Leia o conteúdo, a seguir:

Lei sancionada

Lei sancionada

2 DE JULHO – DIA DO BOMBEIRO

Julho 2nd, 2013 | Posted by ambsp in Notícias - (0 Comments)
dia do bombeiro

dia do bombeiroÉ uma homenagem mais do que merecida a esses profissionais que se arriscam todos os dias, salvando vidas. Quantas pessoas não foram salvas de enchentes, desmoronamentos, incêndios, acidentes automobilísticos, etc, por um bombeiro profissional, que arrisca e muito a sua vida, para salvar pessoas que eles nem conheciam.

É uma profissão que exige amor e dedicação ao próximo.

É também um momento de reflexão e pensarmos em estruturar na nossa cidade, uma equipe de pessoas, sejam voluntários ou municipais, treinados e capacitados para dar o primeiro atendimento em uma emergência.Não podemos aguardar que o socorro venha de outra cidade, pois até chegar aqui, muito pouco restará a ser feito.

Podemos pensar numa parceria Município-Estado, já prevista em Lei Estadual, que seria benéfica em todos os sentidos.

Do ponto de vista prevencionista, fica claro que mais importante que o modelo ou o nome a ser adotado, é a presença desses profissionais para a prevenção e o 1º atendimento.

3 anos e 7 meses depois

Junho 30th, 2013 | Posted by ambsp in Notícias - (0 Comments)

Quando foi efetuada a pavimentação e colocado guias no final rua São Pedro não foi observado, pelos “engenheiros” da prefeitura e empreiteira, o declive do terreno transformando o local em depósito de água e material assoreado. Nosso consultor técnico Sérgio Afonso da Silva em constantes contatos com a Administração mostrou e indicou a solução paliativa mais simples para o problema. Nunca foi ouvido. Não conseguiu evitar constantes serviços de retirada de materiais acumulado e dificuldades ao transitar no local. Gastos desnecessários pois o uso da viela sanitária foi planejado corretamente para esse fim. Finalmente, agora em junho, o Sérgio foi ouvido e com a intervenção do vereador sr. Mário Sérgio Rocha (Chicão) o serviço foi executado. Não custou mais que 20 minutos de uso da retroescavadeira municipal operada pelo Zezé sob a supervisão do nosso diretor Sérgio. A obra foi testada e aprovada com as chuvas da madrugada do último dia 17/06.

Após as chuvas

Após as chuvas

Material assoriado

Material assoriado

Execução da obra

Execução da obra

PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Junho 18th, 2013 | Posted by ambsp in Notícias - (3 Comments)

PRÉ-CONFERÊNCIA DE SAÚDE_BANNER

OBJETIVOS:

-INSCRIÇÃO DE DELEGADOS PARA A 2ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE, EM 20/07/2013;

-LEVANTAMENTO DOS PROBLEMAS EXISTENTES NA COMUNIDADE;

-DEFINIÇÃO DOS SUBTEMAS;

TODOS OS MORADORES ESTÃO CONVIDADOS A PARTICIPAR

Dia 21 de junho de 2013 acontecerá a pré-conferência da cidade de Fama. Convidamos os associados desta associação à participar da mesmo levando sugestões e preocupações relacionadas à área de saúde. Sua participação fortalece o segmento usuários em emanações sociais contidas nas políticas de saúde do SUS.

Dia 21/06/2013

19:30 horas

Câmara Municipal de Fama